quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Os comentadores judiciários.

Quando vejo comentários nas televisões ao que se passa nos processos em tribunal e previsões do que vai ser decidido pelo juiz, comparo sempre com as claques e os comentadores do futebol. Da mesma forma que é nas quatro linhas que se decidem os jogos, é nos tribunais que se decidem os processos. E para a decisão do juiz costuma contar muito pouco o ruído que se faz nas bancadas ou fora do campo.

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

A Autoridade Nacional de Habitação.

A Lei de Bases da Habitação que a arquitecta Helena Roseta propõe é capaz de ficar na História de Portugal como uma das leis mais aberrantes alguma vez apresentadas no parlamento português. Não admira que o próprio PS lhe tenha indicado a porta de saída, o que pelos vistos ela insiste em não compreender. Veja-se agora esta proposta de uma Autoridade Nacional de Habitação que “deverá ter poder, meios e capacidade de entrar em casa dos cidadãos e verificar se todas as regras estão a ser cumpridas, quer por parte de proprietários, quer por parte de inquilinos”. A Senhora Arquitecta já terá ouvido falar no art. 34º, nº2, da Constituição?

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

No International Property Day da UIPI em Lisboa (2).

Aquando da visita dos representantes da União Internacional de Proprietários ao Senhor Presidente da República no Palácio de Belém.




No International Property Day da UIPI em Lisboa.

Podem ver-se aqui as minhas declarações, enquanto presidente da Associação Lisbonense de Proprietários no âmbito do International Property Day da UIPI, sobre o grave atentado aos direitos humanos que representam as medidas de restrição ao arrendamento que os partidos da geringonça andam a propor.